Gustavo Pinheiro co-fundou a Bratus Natural Capital em 2015, investindo em start-ups geradoras de impacto social e ambiental.

De 2012 a 2015, Gustavo foi Diretor de Relações Governamentais da The Nature Conservancy (TNC) em Brasília, trabalhando para melhorar a legislação ambiental relacionada à infraestrutura, agricultura e gestão de áreas protegidas. Ele também foi responsável pela captação de recursos públicos da TNC entre 2010 e 2012, como Coordenador de Instituições Financeiras Internacionais. Entre 2005 e 2010, Gustavo atuou no Instituto Socioambiental (ISA) apoiando povos e organizações indígenas em iniciativas de desenvolvimento sustentável e políticas públicas na Amazônia brasileira. Ele também gerenciou as operações de canais digitais corporativos do ABN-AMRO Bank de 2002 a 2005, após de concluir o programa de trainee corporativo da instituição, e realizou consultorias para o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Ministério da Cultura e a Secretaria Municipal de Transportes de São Paulo. Gustavo é Administrador Público pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (EAESP-FGV) e especializado em Ferramentas de Conservação Econômica em programa conjunto da Universidade de Brasília (UNB) com o Conservation Strategy Fund (CSF) e o Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB) e mudanças sociais na Harvard Kennedy School (HKS).

Gustavo Pinheiro co-founded Bratus Natural Capital in 2015, investing in start-ups generating social and environmental impact.

From 2012 to 2015, Gustavo was the Director of Government Relations for The Nature Conservancy (TNC) in Brasilia, working to improve environmental legislation related to infrastructure, agriculture and protected areas management. He was also responsible for TNC’s public fundraising between 2010 and 2012, as International Finance Institutions Coordinator. From 2005 and 2010, Gustavo engaged in Socio-environmental Institute (ISA) in supporting indigenous peoples and organizations in sustainable development and public policy initiatives in the Brazilian Amazon. He also managed ABN-AMRO Bank’s corporate digital channel operations from 2002 to 2005 after concluding the corporate trainee program and did consultancies for the Inter-American Development Bank (IDB), the Ministry of Culture and São Paulo’s Transportation Department. Gustavo studied Public Administration at São Paulo Business School – Getulio Vargas Foundation and specialized in Economic Conservation Tools in a joint program at the University of Brasilia (UNB) with Conservation Strategy Fund (CSF) and Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB) and Social Change at Harvard Kennedy School.